Acessibilidade

Engenharia Eletrotécnica

Saídas Profissionais

Entre as possíveis saídas profissionais merecem destaque os seguintes setores e atividades:

  • Empresas de produção, de transporte ou de distribuição de energia elétrica, em atividades de planeamento, projeto, comissionamento, exploração e manutenção;
  • Unidades industriais com forte componente de automatização e de atuação eletromecânica, tirando partido da dupla valência em energia e automação;
  • Empresas de projeto e de execução de instalações de utilização de energia elétrica e instalações de automação;
  • Unidades ou parques industriais, comerciais, residenciais, hospitalares e de hotelaria, em atividades de manutenção e exploração de infraestruturas de energia elétrica, de sistemas de automação, de gestão técnica centralizada e ainda na gestão da produção e na gestão da qualidade;
  • Serviços técnicos de autarquias e da administração central e regional e entidades certificadoras, em atividades de inspeção e licenciamento de instalações de utilização de energia elétrica e de automação;
  • Empresas de exploração mineira, refinarias, instalações portuárias, aeroportos e empresas de transporte ferroviário;
  • Empresas de abastecimento de água, com intervenção nos sistemas automatizados das respetivas estações de captação, tratamento e bombagem, bem como nos sistemas de telegestão centralizada;
  • Empresas de fabrico, distribuição e comercialização de equipamentos para instalações elétricas, instrumentação de processos, acionamentos e sistemas de automação;
  • Empresas de projeto e execução de instalações de transformação e utilização de energia elétrica;
  • Empresas de produção, transporte e distribuição de energia elétrica;
  • Em todas as unidades industriais, com forte componente de instrumentação, automação, acionamento eletromecânico e pneumático;
  • Infraestruturas de energia e dos sistemas de automação e de gestão técnica centralizados de unidades residenciais, comerciais, hoteleiras e hospitalares;
  • Instalações elétricas e sistemas de automação de unidades de exploração mineira, portos, aeroportos, transporte ferroviário, transporte elétrico urbano, abastecimento de água, etc.;
  • Serviços técnicos de autarquias e da administração central e regional;
  • Entidades certificadoras com atividades de inspeção e licenciamento de instalações de utilização de energia elétrica e de comunicações;
  • Empresas de projeto e execução de instalações especiais: segurança contra incêndio, iluminação e sinalização rodoviária, ferroviária, náutica e aeronáutica, climatização e refrigeração, etc.;
  • Entidades que executem auditorias energéticas e projetos de racionalização de energia; Empresas de exploração de unidades de produção de energia descentralizadas, designadamente, centrais de cogeração e parques eólicos e fotovoltaicos.