Acessibilidade

Técnicas da Qualidade - MEGI

Curso Mestrado em Engenharia e Gestão Industrial 
Unidade Curricular

Técnicas da Qualidade

Obrigatória x
Opcional  
Área Científica EGI
Ano: 1º Semestre: 2º ECTS: 7 Total de Horas: 189
Horas de Contacto T: TP: 67,5  PL: S: OT:
Docente

T - Teórica; TP - Teórico-prática; PL - Prática Laboratorial; S - Seminário; OT - Orientação Tutorial.

  • Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

    Pretende-se que, no final da lecionação os alunos revelem competências e capacidades que lhes permitam: Compreender o papel do Desenho de Experiências, dos Métodos de Taguchi e do Controlo Estatístico de Processos numa filosofia de Gestão pela Qualidade Total.
    Reconhecer a necessidade de utilização de cartas de controlo na melhoria de produtos/serviços e de processos. Aprender a utilizar a metodologia de aplicação de cartas de controlo em processos produtivos.
    Proceder a estudos de capacidade do processo.

  • Conteúdos programáticos

    Introdução- O papel da estatística na conceção e na melhoria contínua de produtos/serviços e processos. Conceitos de estatística – Conceitos básicos, distribuições estatísticas, distribuições amostrais, estimação de parâmetros, testes de hipóteses.
    Desenho de Experiências e métodos de Taguchi

    Controlo Estatístico do Processo· - Causas especiais e causas comuns de variação, princípio da construção das cartas de controlo, Vantagens das cartas de controlo, cartas de controlo tradicionais – Variáveis e atributos, interpretação das cartas. Capacidade do processo. Aplicações.

    Controlo Estatístico de "Pequenas Produções" – Tipos de cartas e sua aplicabilidade. Cartas de controlo Z e W. Cartas de controlo Q.

    Cartas de Controlo especiais - Cartas de Controlo de Somas Acumuladas – CUSUM e Cartas de Controlo da Média Móvel Exponencialmente Amortecida – EWMA
    Controlo por amostragem – Conceitos básicos. Controlo por atributos e por avariáveis.

  • Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da unidade curricular

    Os objetivos que se pretendem ser alcançados pelos alunos encontram-se diretamente relacionados com cada um dos principais conteúdos programáticos, sendo alcançados através da frequência às aulas, resolução de exercícios e pela realização ao longo do semestre de trabalhos de grupo associados a cada conteúdo programático.

  • Metodologias de ensino (avaliação incluída)

    Sempre que aplicável a metodologia de ensino compreende aulas com exposição oral, apresentação de exemplos reais baseados em casos de estudo, resolução de exercícios e utilização de aplicações informáticas em laboratório. Para o desenvolvimento de competências e capacidades de trabalho em equipa, os alunos têm de realizar, em grupo, 1 trabalho, respetivo relatório e sua apresentação.

    A avaliação é realizada por 1 exame e 1 trabalho pedagogicamente fundamental.

    São condições necessárias para aprovação:
    Nota do exame ≥ 9.5 valores.
    Nota dos trabalhos ≥ 9.5 valores.
    Nota final determinada pela média aritmética das anteriores.

  • Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da unidade curricular

    Tendo em conta os objetivos desta unidade curricular, a metodologia de ensino aqui utilizada permite que o aluno tenha contacto, em sala de aula e laboratório, com meios pedagógicos que lhes permitem obter as competências teóricas e práticas sobre os conceitos fundamentais da presente unidade curricular.

  • Bibliografia principal

    Montgomery DC. (2005), Introduction to Statistical Quality Control, 5a Edição, Wiley, New York.
    Pyzdek, T. (1999), Quality Engineering Handbook, Marcel Dekker, New York.
    Ryan, T. P. (2000), Statistical Methods for Quality Improvement, 2.a ed., John Wiley & Sons, New York.
    Pereira ZL, Requeijo JG. (2008) Qualidade: Planeamento e Controlo Estatístico de Processos, Co-edição da Fundação da FCT/UNL e da Editora Prefácio, Lisboa.
    Ryan TP.(2000), Statistical Methods for Quality Improvement, 2a Edição, Wiley, New York.