Passar para o conteúdo principal
Calendário

 

 

Passe sub23

Informações e o formulário para o passe Sub23 aqui.

Inscrição e matrícula

1. Posso alterar posteriormente as inscrições que faço no início do ano letivo?
Sim. Existem dois períodos de Retificação de Inscrições, que poderá consultar no Calendário de Atos Académicos

2. Pretendo efetuar a inscrição fora de prazo, o que devo fazer?
Deverá solicitar a inscrição nas UC pretendidas indicando a turma/turno preferencial através de um requerimento geral, enviando o mesmo devidamente preenchido e assinado para licenciaturas@isel.pt / mestrados@isel.pt / formacao.avancada@isel.pt. Havendo disponibilidade de vaga na turma/ turno, os serviços efetuarão a inscrição após confirmação do pagamento do emolumento por ato fora de prazo.

3. O que significa uma disciplina "ter precedência" de outra?
Significa que um estudante só se pode inscrever nela depois de ter realizado com aproveitamento a precedente. 

4. O que é a prescrição?
A prescrição é o ato pelo qual é suspensa a matrícula de um estudante, sendo vedada a sua inscrição durante um ano letivo, na sequência de insucesso escolar repetido de acordo com a Lei n.º 37/2003, de 22 de agosto

5. Como peço para "congelar" ou "descongelar" a matrícula?
A figura de congelamento/suspensão da matrícula não existe. Se não efetuar a sua inscrição durante mais de um ano letivo, quando pretender retomar os seus estudos tem que efetuar uma candidatura por reingresso no prazo que vier a ser estipulado no Calendário de Atos Académicos

6. O que tenho de fazer para anular a matrícula?
Tem de fazer o pedido em requerimento geral, enviando o mesmo devidamente preenchido e assinado para academicos@isel.pt, que irá a despacho. De acordo com o Artigo 13º do Despacho 5111/2020 (Regulamento Geral de Propinas do IPL), a anulação é realizada de acordo com os seguintes prazos e condições: até 10 dias após o início do ano letivo com devolução total das propinas; até 31 de dezembro com 50% do valor da propina; a partir de janeiro é devido o valor total da propina.

Quando pretender retomar os seus estudos tem que efetuar uma candidatura por reingresso no prazo que vier a ser estipulado no Calendário de Atos Académicos

7. Como peço para "desinscrever" a 1 ou várias UC?
Deve fazê-lo através da retificação da inscrição livre nos prazos definidos no Calendário de Atos Académicos para essa ação. Findo este prazo, poderá apresentar um requerimento geral, enviando o mesmo devidamente preenchido e assinado para licenciaturas@isel.pt / mestrados@isel.pt / formacao.avancada@isel.pt e efetuando o pagamento do respetivo emolumento.

Regime de estudos e estatutos especiais de frequência

1. O que tenho que fazer para ter o estatuto de trabalhador-estudante?
Terá de o solicitar através do Portal Académico (em Atividades letivas/Requisitar requerimentos), no prazo definido para o efeito no Calendário de Atos Académicos, acompanhado do comprovativo da situação contributiva regularizada junto dos serviços da Segurança Social. Se for funcionário público, tem de entregar a declaração do serviço onde trabalha.

2. Quais os estatutos especiais de frequência?
Os regimes especiais de frequência são aplicados aos estudantes matriculados e inscritos num curso com duração igual ou superior a 1 semestre, que preencham os requisitos legais e regulamentados exigíveis para o seu reconhecimento:

A) Estatuto de trabalhador-estudante;

B) Estatuto de parturiente;

C) Estatuto de mães e pais estudantes;

D) Estatuto de dirigentes de associações estudantes do IPL;

E) Estatuto de dirigentes de associações juvenis;

F) Estatuto de estudante atleta do ensino superior;

G) Estatuto de estudantes que integrem órgãos de gestão do IPL;

H) Estatuto de estudantes investigadores;

I) Estatuto de estudante portador de deficiência;

J) Estatuto de estudante portador de doença infetocontagiosa ou com incapacidade temporária;

K) Estatuto de estudante bombeiro;

L) Estatuto de estudante voluntário.

3. Como posso pedir regime especial de frequência?
Terá de o solicitar através de um requerimento geral, enviando o mesmo devidamente preenchido e assinado para licenciaturas@isel.pt / mestrados@isel.pt / formacao.avancada@isel.pt, no prazo definido para o efeito no Calendário de Atos Académicos

Requerimentos académicos

1. O que é um requerimento (académico)?
Qualquer pedido realizado por escrito, de um estudante, antigo estudante ou candidato, relacionado com o seu percurso académico (p.e. atribuição de creditações, inscrição em unidades curriculares …).
Os estudantes devem realizar o seu pedido de requerimento próprio, enviando o mesmo devidamente preenchido e assinado para licenciaturas@isel.pt / mestrados@isel.pt / formacao.avancada@isel.pt.

O montante do pagamento varia consoante os documentos solicitados, cujo valor unitário pode ser consultado na tabela de emolumentos. 

2. Onde posso pedir a certidão de inscrição?
As certidões de Matrícula e/ou Inscrição são solicitadas via Portal Académico

3. Vou terminar o curso em breve, quais os documentos de fim de curso que devo / posso solicitar?Deverá solicitar a carta de curso ou o diploma de registo, o qual será acompanhado pelo Suplemento ao Diploma (versão português e inglês). Adicionalmente, poderá ainda pedir a certidão de curso discriminativa das classificações obtidas por unidade curricular.

4. Qual é a diferença entre diploma e carta de curso?
A diferença entre diploma e carta de curso é apenas visual, sendo a segunda um documento mais formal, e no valor do emolumento. Ambos certificam a conclusão do curso e atribuição do respetivo grau. Deste modo, podem ser solicitadas a partir da data de conclusão do curso, mediante regularização do pagamento da propina e pagamento do respetivo emolumento.

5. O que é o Suplemento ao Diploma?
O suplemento ao diploma é um documento complementar do diploma que:

  • Descreve o sistema de ensino superior português e o seu enquadramento no sistema educativo à data da obtenção do diploma;
  • Caracteriza a Escola que conferiu o diploma;
  • Caracteriza a formação realizada (grau, área, requisitos de acesso, duração normal, nível) e o seu objetivo;
  • Fornece informação sobre a formação realizada e os resultados obtidos.
  • O modelo do suplemento ao diploma é fixado pela Portaria n.º 30/2008, e 10 de janeiro, seguindo o modelo elaborado pela Comissão Europeia, pelo Conselho da Europa e pela UNESCO/CEPES e tem por objetivo fornecer dados independentes e suficientes para melhorar a transparência internacional e o reconhecimento académico e profissional equitativo das qualificações (diplomas, graus, certificados, etc.).
  • O suplemento ao diploma é um documento bilingue, escrito em português e inglês. O suplemento ao diploma é emitido automaticamente pelo ISEL sempre que é emitido um diploma e sem qualquer custo adicional pela sua emissão após obtida a respetiva graduação.
Exames

1. Quais são as épocas de exames em que me posso inscrever em melhoria?
Para melhoria de classificação, os estudantes poderão repetir as provas de avaliação uma só vez por cada unidade curricular (na época normal ou na época de recurso) e desde que a nota tenha já sido lançada. Não há lugar a melhoria em época especial.

Propinas e emolumentos

1. Se desistir, cessa a obrigatoriedade de pagar propinas?
Depende da data do pedido. Com a matrícula e respetiva inscrição, é gerada uma dívida de propina na sua totalidade, a qual terá de ser obrigatoriamente saldada.

Caso a matrícula seja cancelada nos 10 dias úteis seguintes à data de matrícula/inscrição não é devido o pagamento da propina, de acordo com o Despacho 5111/2020, Regulamento Geral de Propinas do IPL. 

2. Tenho os atos académicos bloqueados por falta de pagamento de propinas. O que devo fazer? 
A falta de pagamento de propinas implica o bloqueio dos atos académicos, incluindo inscrições. Deverá efetuar o pagamento das propinas em falta para desbloquear os atos académicos, ou na sua impossibilidade solicitar um plano de pagamentos através de requerimento próprio, enviando o mesmo devidamente preenchido e assinado para licenciaturas@isel.pt / mestrados@isel.pt / formacao.avancada@isel.pt.

3. Qual o preçário para os vários tipos de certificados para o estudante?
É o que consta na Tabela de Emolumentos publicada no site do ISEL.

Creditação de competências / Plano de estudos

1. Posso solicitar creditação?
Podem solicitar creditação todos os candidatos/estudantes.

De acordo com o estabelecido no art.º 45.º do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 26 de Março, alterado e republicado pelo Decreto-Lei n.º 65/2018, de 16 de agosto, e tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico ou diploma, as instituições de ensino superior:

a) Podem creditar a formação realizada no âmbito de outros ciclos de estudos superiores conferentes de grau em instituições de ensino superior nacionais ou estrangeiras, quer a obtida no quadro da organização decorrente do Processo de Bolonha, quer a obtida anteriormente;

b) Podem creditar a formação realizada no âmbito dos cursos técnicos superiores profissionais até ao limite de 50 % do total dos créditos do ciclo de estudos;

c) Creditam as unidades curriculares realizadas com aproveitamento nos termos do artigo 46.º-A, até ao limite de 50 % do total dos créditos do ciclo de estudos;

d) Podem creditar a formação realizada no âmbito de cursos não conferentes de grau académico ministrados em instituições de ensino superior nacionais ou estrangeiras, até ao limite de 50 % do total dos créditos do ciclo de estudos;

e) Podem creditar a formação realizada no âmbito dos cursos de especialização tecnológica até ao limite de um terço do total dos créditos do ciclo de estudos;

f) Podem creditar outra formação não abrangida pelas alíneas anteriores, até ao limite de um terço do total dos créditos do ciclo de estudos;

g) Podem creditar experiência profissional até ao limite de 50 % do total dos créditos de cursos técnicos superiores profissionais nas situações em que o estudante detenha mais que cinco anos de experiência profissional devidamente comprovada;

h) Podem creditar experiência profissional devidamente comprovada, até ao limite de um terço do total dos créditos do ciclo de estudos, sem prejuízo do disposto na alínea anterior.

Atenção: Só poderá fazer pedido do plano de estudos mediante inscrição para apuramento das equivalências. 

2. Quando devo efetuar um pedido de creditação/ plano de estudos?
 Os pedidos de creditação devem ser apresentados, solicitando o plano prosseguimento de estudos, através de requerimento próprio enviando o mesmo devidamente preenchido e assinado para licenciaturas@isel.pt / mestrados@isel.pt / formacao.avancada@isel.pt, nos prazos definidos para o efeito no Calendário de Atos Académicos.

Atenção: O pedido está sujeito ao pagamento, não reembolsável, dos emolumentos estipulados para o efeito. No caso de ser aluno de outra instituição tem de entregar a certidão de UC´S realizadas e os respetivos programas e cargas horárias. 

3. A que unidades curriculares vou ter creditação?
Cada curso conta com uma Comissão de Creditação do Ciclo de Estudos, a qual, após análise da documentação entregue pelo candidato/estudante, decidirá sobre as creditações a atribuir.

4. Caso as creditações atribuídas não estejam em conformidade com o esperado, posso solicitar uma reapreciação?
Sim. Após ter tido conhecimento do resultado do pedido de creditação pode solicitar a revisão do seu processo, através de requerimento próprio enviando o mesmo devidamente preenchido e assinado para licenciaturas@isel.pt / mestrados@isel.pt / formacao.avancada@isel.pt.

Outras questões

1. Como posso pedir o reconhecimento de habilitações estrangeiras?
Deverá apresentar o seu pedido na DGES, para mais informação consultar: https://www.dges.gov.pt/pt/pagina/reconhecimento.

2. Quais os históricos de colocações nos diversos cursos do ISEL? E quais os exames nacionais exigidos para cada curso do ISEL?
As informações referentes a colocações e exames estão disponíveis nos links abaixo, correspondentes a cada curso.

Licenciaturas

Exames

Links

Engenharia Biomédica

07 Física e Química
19 Matemática A

https://www.dges.gov.pt/guias/detcursopi.asp?codc=9455&code=3118  

                                                        

Engenharia Civil

07 Física e Química
19 Matemática A

https://www.dges.gov.pt/guias/detcursopi.asp?codc=9089&code=3118  

 

Engenharia Eletrotécnica e Telecomunicações e de Computadores

07 Física e Química
19 Matemática A

https://www.dges.gov.pt/guias/detcursopi.asp?codc=9108&code=3118  

 

Engenharia Eletrotécnica

07 Física e Química
19 Matemática A

https://www.dges.gov.pt/guias/detcursopi.asp?codc=9109&code=3118  

 

Engenharia Informática e de Computadores

19 Matemática A

https://www.dges.gov.pt/guias/detcursopi.asp?codc=9121&code=3118  

 

Engenharia Informática e Multimédia

19 Matemática A

https://www.dges.gov.pt/guias/detcursopi.asp?codc=L052&code=3118   

 

Engenharia Informática, Redes e Telecomunicações

19 Matemática A

https://www.dges.gov.pt/guias/detcursopi.asp?codc=L119&code=3118  

 

Engenharia Mecânica

07 Física e Química
19 Matemática A

https://www.dges.gov.pt/guias/detcursopi.asp?codc=9123&code=3118  

 

Engenharia Química e Biológica

07 Física e Química
19 Matemática A

https://www.dges.gov.pt/guias/detcursopi.asp?codc=9126&code=3118  

 

Matemática Aplicada à Tecnologia e à Empresa

Um dos seguintes conjuntos:
19 Matemática A
      ou
04 Economia
19 Matemática A
      ou
07 Física e Química
19 Matemática A

https://www.dges.gov.pt/guias/detcursopi.asp?codc=L117&code=3118  

 

Tecnologias e Gestão Ambiental

Um dos seguintes conjuntos:
16 Matemática
      ou
19 Matemática A
      ou
10 Geometria Descritiva
19 Matemática A

https://www.dges.gov.pt/guias/detcursopi.asp?codc=L085&code=3118  

 

 3. Tenho bacharelato, o que tenho de fazer para ter a licenciatura?
Terá de se candidatar ao concurso concurso especial de acesso para titulares de outros cursos superiores

4. Como posso pedir o cartão de estudante?
Deverá consultar as informações sobre os pedidos de cartão de estudante disponíveis em